22/11/11

O Coelho e a Tartaruga

Certo dia um Coelho zombou das pernas curtas e do passo lento da Tartaruga, que respondeu, sorrindo:

- Embora você seja rápido como o vento, vencerei você numa corrida.

O Coelho, acreditando ser simplesmente impossível a declaração da Tartaruga, aceitou o desafio; concordaram que a Raposa deveria escolher o roteiro e determinar onde seria a chegada.

No dia da corrida, os dois começaram juntos.

A Tartaruga nem por um momento parou, antes, prosseguiu num passo lento, mas constante até o final da pista.

O Coelho deitou-se à beira do caminho e adormeceu depressa.

Tendo finalmente acordado, moveu-se tão depressa quanto pôde, e viu a Tartaruga que, tento atravessado a linha de chegada, estava confortavelmente cochilando depois de sua fatigante corrida.

--------
O lento, mas constante, é o que vence a corrida.