11/09/2012

O Urso e a Raposa


The Bear and the Fox

A Bear boasted vey much of his philanthropy, saying that of all animals he was the most tender in his regard for man, for he had such respect for him that he would not even touch his dead body.

A Fox hearing these words said with a smile to the Bear:
      
     -  Oh! That you would eat the dead and not the living.
O Urso e a Raposa

Um Urso se gabava muito de sua generosidade, dizendo que, de todos os animais, era ele o mais terno em sua consideração para com o homem, pois ele tinha tanto respeito que nem mesmo tocaria um cadáver humano.

Uma Raposa que escutava essas palavras disse ao Urso com um sorriso:

- Se assim fosse, você comeria os mortos, não os vivos.


O Veadinho e Sua Mãe


The Fawn and His Mother

A young fawn once said to his mother:

     — You are larger than a dog, and swifter, and more used to running, and you have your horns as a defense; why, then, o mother! Do the hounds frighten you so?

She smiled and said:

     —  I know full well, my son, that all you say is true. I have the advantages you mention, but when I hear even the bark of a single dog I feel ready to faint, and fly away as fast as I can.


No arguments will give courage to the coward.
O Veadinho E Sua Mãe

Um jovem veadinho disse certa vez a sua mãe:

— Tu és maior que um cachorro, mais rápida e mais acostumada a correr; e tu tens teus chifres para se defender; por que, então, mãe, os cães te assustam tanto?

Ela sorriu e disse:

— Sei muito bem, meu filho, que tudo que você diz é verdade. Tenho as vantagens que citou, mas quando apenas ouço o latido de um só cachorro sinto-me prestes a desmaiar, então saio voando tão rápido quanto posso.

Nenhum argumento dará coragem ao medroso.